Enquanto juntamos retalhinhos...ouvimos doces melodias...

domingo, 30 de novembro de 2014

Hoje eu queria
estar só.
Mas não sozinho.
Só contigo.

- Caio F. Abreu
"Que nos permitamos, de vez em quando, alguns caprichos, nos lembrando que a vida é passageira."
(Camila Lourenço)

Que tal hoje?

sábado, 29 de novembro de 2014

Amor não é paixão.
Fazer sexo não é fazer amor.
Ódio não é amor.
Amor não é fogo,
não é chama,
não é amizade,
não é casamento,
nem compromisso.
Amor não é namorar,
não é chorar,
não é beijar,
não é desejar,
não é saudade.
Amar não é estar-se preso por vontade.
Não é servir quem vence o vencedor.
Amor não vai.
Amor é o que fica.
Amor é resto.
Amor é o que sobra do que foi supracitado.
Amor não é onda,
é o mar.
É o companheiro que não abandona depois
que todas as fervorosas sensações se foram.
Paixão, ódio, saudade, sexo, casamento,
desejo são como trens.
Amor é estação.

- Gabito Nunes
( Convém lembrar )
Esperar em Deus
não é uma ilusão.
Ilusão é achar que
podemos viver
sem Ele.

(DA)

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Quando a tua mão
encontrar a mão
que foi feita para
segurar não a deixes
escapar.

(J.Antunes)
Ouviu, menina?
Nessa vida você tem sorte,
tem muito amor ao seu redor.
Você não consegue ver?
Cultiva, sua boba.
Cultiva e colhe flores bonitas.
Perfumadas…
Cultiva!

( Tati Bernardi )

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Um amor de verdade
não tem despedidas.
(J.Antunes)
"It's hard to dance with a devil on your back...
So shake him off."
(Florence & Machine in Shake It Out)

Mande já para o espaço tudo que te deixa infeliz hoje.
Renove suas energias!!!Mude o pensamento.
Não fale dos problemas...cante e dance com a alegria.
Tenha um dia leve...é o que te desejo.

(Al Ribeiro)

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

As pessoas
não se apaixonam
muito hoje em dia,
ninguém mais oferece
moletons quando
você está molhado.
Elas preferem estudar,
ganhar dinheiro e viver
outras experiências.
Faça uma enquete rápida
e concluirá que quase
ninguém crê no amor.
Quanto mais você sabe da vida,
menos você se apaixona.
A paixão nasce da ignorância:
quanto menos sei sobre você,
e mais eu quero saber,
mais vulnerável eu fico.

( Gabito Nunes)
As pessoas de sucesso esquecem e por isso encontram novas oportunidades com facilidade.
Somente aqueles que se sentem pequenos desejam reparos com relação ao que já aconteceu.
Não deseje reparos, deseje avanços. O que partiu da sua vida é uma dádiva porque cria o espaço para sua renovação.
Não deixe que o ontem ocupe grande parte do seu momento.
Esteja o mais presente possível no dia de hoje . As coisas boas, curtir, amar e se entregar, somente são possíveis no momento do agora.
Seja alguém que esquece as coisas com facilidade. Se prender num acontecimento do passado ou em uma pessoa que o machucou é comprar sofrimento. Você se torna três coisas bem pouco atraentes: recalcado, ressentido e rejeitado.
Quem quer se relacionar ou fazer bons negócios na vida com um sujeito se sentindo assim????
Nunca conheci uma pessoa concentrada no ontem que teve um amanhã melhor.
Nenhuma oportunidade é possível. A pessoa não está disponível.
Desprender-se é um ato que encerra mais poder do que agarrar-se a algo.
Desprender-se cria o espaço para novas oportunidades.
Viva hoje inteiramente no presente. Curta os sabores do dia, fique atento as paisagens ,as fragâncias e a música que você escutar hoje. Esteja aqui, deixe o passado e as preocupações fora da sua jornada e você estará livre para ser feliz e enxergar as novidades que um novo dia carrega.
Intensidade, leveza e agilidade carregue esses recursos com você e torne o dia agradável para todos que tiverem o prazer da sua companhia.


(Rosalia Schwark)

terça-feira, 25 de novembro de 2014



“Jardineiro,
Fiz um canteiro de bem-me-quer para ver se colho algum amor e só assim consiga te esquecer.
Colhi hortências,petúnias e margaridas,fiz um lindo buquê.
Juntei várias rosas, gérberas coloridas e galhos de alecrim para enfeitar a casa,mas queria mesmo era enfeitar a vida,que anda tão insossa sem você.
Coloquei uma mesinha e duas cadeiras,onde passo a tarde à conversar com suas lembranças,lendo romances e inventando histórias,até que o sol também se vai embora.
Em um canto,coloquei uma fonte.Em volta,enchi com vasinhos de lavanda.As lavandas sempre me lembram você.
Fiz uma plaquinha e pendurei no muro,escrevi: ‘My Sweet Garden’.
Nesse mesmo cantinho,em um galho seco de um arbusto,fez um ninho um casal de passarinho,que me alegra com seu canto.É  um casal de sabiá que canta majestosamente.
Mas, é lá,bem no centro do meu jardim que está a flor mais linda,o Amor Por Ti,num estranho desabrochar sem fim.
Jardineiro,é o Amor Por Ti,  a flor mais linda que brotou em mim.”

(Al Ribeiro)
23.11.2014 08:30pm

Jardineiro,brotou uma nova flor no meu coração,e como já existe o Amor Perfeito,chamei-a de Amor Por Ti."


(Al Ribeiro)13.09.2014  08:00am

E até que se toquem os sinos novamente,anunciando o término desta Primavera,amarei infinitamente o jardineiro do meu coração.....(Al Ribeiro)
 

"Viver tem ser amar,tem que ser curtir,tem que ser se entregar"
(Rosalia Schwark)


Não é amar a quem...é amar a vida,sobretudo.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Fiz as mais longas

juras e promessas,

imaginava cenas e criava fatos.

Dentro de mim transbordava você.

E o problema era que,

dentro de ti,

faltava eu.

- Pedro Pinheiro

"Sei o que você está aí dizendo:-Segunda-feira,que saco,que preguiça!!!
Que nada!!!Eu te digo.
Que dia lindo!!!Abra a janela,olhe para o céu,está tudo perfeito!
Acorde,alongue-se,desperte esse corpo,abra bem esse olhos,tome um banho gostoso,use um sabonete cheiroso.Vista uma roupa bonita.Penteie esse cabelo,maquie-se,enfeite-se.Ponha um salto,corrija essa postura.
Tome seu café, com calma,aprecie o sabor de cada alimento.
Agora vá,se olhe no espelho.Implante alegria nesse coração,ponha no rosto seu sorriso mais lindo.A alegria deve ser seu melhor acessório para enfrentar a batalha do dia a dia.Saía de casa com alegria e disposição.Lembre-se que a vida é uma festa,não importa se é segunda ou domingo,a vida merece comemoração."

(Al Ribeiro)

Uma linda semana para todos!!!!Que seus dias sejam leves.

domingo, 23 de novembro de 2014

Podem se passar:

7 minutos

6 horas

5 dias

4 semanas

3 meses

2 anos

1 vida

E ainda sim,

eu não terei esquecido você.

  (7 números de Mateus Yoshitani)

"A vida pulsa à todo instante...E você está pulsando também?!"

(Al Ribeiro)

sábado, 22 de novembro de 2014

"Meu coração vibra quando te vê."
 





"Sou um pássaro com asas gigantes,querendo abraçar o mundo.
 Querendo beijar o vento,desafiar o tempo,em busca do meu voo mais bonito.
  Meu canto é um hino à liberdade.Um grito ecoando dentro de mim...Fly!"

(Al Ribeiro)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

DE REPENTE

Estou triste... Pensando bem, sempre sou...
A felicidade escorre pelo canto da boca...
Meu paladar divorcia-se de sua doçura ...
O pássaro da alegria mal pousou, já voou...

Sua presença cessava minha dor
inundando-me com certa beleza de flor!
Porém, fui despejado de sua companhia
e onde quer que eu vá, não acho alegria...
Seguiremos despedaçados...
Outros colherão o que em nós,
por nós,
foi plantado...
Cada amor vindouro será torturante
em lábios estranhos, um sabor semelhante...
Peregrinaremos em busca de nós,
aceitando migalhas, um olhar, uma voz...
Foi num susto
que a chegada se fez despedida
que o encanto fez-se espanto
que a alegria fez-se ferida...

Cláudio Andrade
Antes do final do dia
Será necessário acreditar de novo, antes que o dia acabe. Acreditar na esperança. Teimar com a verdade. Insistir na liberdade. Fazer jus a lucidez, quando for absolutamente necessário escolher caminhos.
Antes que o dia acabe, é preciso aprender a lidar com as urgências para que elas desocupem as vagas. Há que se tomar decisões sem tropeções. Há que se cotar o valor das coisas importantes e com isso, fazer uma reserva considerável dos imprescindíveis para quando os invernos surgirem.
Antes que o dia acabe que ouse morar no tempo, todos os minutos possíveis de escapismo para render poesia. Que se deseje claridade para enxergar o cenário, sem contudo ser cruel, caso ele se apresente frio, desbotado e enfadonho. Que não se abandone o lugar pela falta de cor.
Antes que o dia acabe, que dê tempo para acolher o arrependimento das palavras que foram ditas no escândalo da incerteza. Que o relógio voe tão rápido para não haver tempo de abandonos, sem antes ter tentado todas as alternativas.
Antes que chegue ao final do dia será preciso passar as lições a limpo, uma a uma para não estilhaçar as verdades contidas e que dão sentido aquilo que até então foi vivido. Que ninguém descarte a dúvida que instiga rendição ao que não está na superfície. E seja como for, que se mergulhe no enfrentamento da solidão, sem terceirizar e dar crédito ao outro pela culpa da vã interpretação do necessário vazio que ronda nessa antessala da vida.
Antes que o dia vá dormir, que se estabeleça o óbvio, vinculado a besta mania de pensar inclusive besteiras, com a maior naturalidade porque não há privação para a dor, o amor, o enfrentamento dos problemas, que sinalizam um estado não anestesiado para o lícito.
Antes que o dia se despeça de uma vez, ninguém fará uso de provas contundentes, protagonizada com a infeliz mania de mostrar a alma sem nenhuma necessidade. Seria doloroso explicar o que é mais delicado descobrir com a naturalidade de uma convivência saudável mesmo que surja ora enrugada, ora esticada, ora encolhida. Essa é a preciosa verdade desobstruída de comodismo.
Antes que o dia escureça não esqueça, não represente, não abandone, não tropece, sem aproveitar a essência de cada ato. Para viver bem o dia não há imunidade que valha a pena.
 

Ita Portugal

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

ESCRIVANINHA POÉTICA

A brisa balança as flores de meu jardim secreto. É nesse ambiente de sonho que unto os tijolos de meu cortiço. Ando despossuído de qualquer coisa, a propriedade caducou, azedou nos olhos o sabor dos saberes. E os valores já não valem muito!
Andarilho, remexo o lixo garimpando o maravilhoso. Levo à boca a migalha desprezada que porta o fantástico mais profundo!
Sou serpente cortando o vento com asas metálicas. Só quero travessuras!
Não recordo quando foi que me tornei refém de sonhos... Tenho feito até mágica balbuciando encantamentos selvagens.
Vou me desfazendo enquanto me estilhaço, doce fragmento!
Vou bifurcar o abismo!


Cláudio Andrade
Deveria ser assim: O doce não engordar, o afeto ser dado gratuitamente, amor ser correspondido, criança ser cuidada, animal nunca ser maltratado, todas as pessoas terem as mesmas oportunidades, ciúme não existir, bondade ser um prática, homens definitivamente entenderem as mulheres, gentileza ser obrigatório, felicidade ser dada aos potes e todo sonho transformar-se em realidade.

(Ita Portugal)

quarta-feira, 19 de novembro de 2014



Da série Contos....

Os dois estavam ali à horas,sentados no chão daquela sala,ouvindo músicas,conversando,rindo,riam-se muito das histórias um do outro.Desde que se conheceram era assim,passavam o dia quase todo juntos e ainda achavam que todo tempo do mundo era curto para tudo que tinham que dizer um ao outro.No entanto,aquela noite era especial.Ele a convidara para um jantar em sua casa.Era a primeira vez que ela visitava a casa dele.
Estava uma noite agradável.Não era noite de lua cheia e nem estrelas,ventava muito e ela podia sentir toda a brisa da noite vindo da sacada,deixando a sala fresca.
A comida estava uma delícia,ele mesmo havia preparado,uma massa ao molho pesto,uma carne  ao molho madeira.Tudo regado ao bom vinho.Jantaram bem devagar,o cheiro da comida,o tempero,o sabor do vinho,tudo tinha sido uma festa para o paladar.
-Ela está linda!Pensou ele observando cada detalhe.Vestia um vestido preto longo,esvoaçante,de um tecido leve e transparente,que mostrava levemente suas formas o aguçando.Tinha um laço no pescoço e mangas compridas e bufantes,com uma fenda no peito.-Parece vestida como uma rainha.Pensou ele.-E o sorriso?!Meus Deus,parece que quando ela sorri o mundo inteiro se ilumina.Ela fica linda sorrindo.Ele ficou a observando cada detalhe,os cabelos longos com ondas de cachos,o olhar brilhante como um diamante,a a maneira como ela falava,que gesticulava,sua postura,era uma linda mulher.
De repente,ela se calou e viu que estava à ser observada.E os dois ficaram assim,perdidos,se fitando-se.-Ele é um homem muito charmoso,pensou ela.Ele era moreno claro,tinha uma boa altura,cabelos negros,começando à ficar grisalho,olhos miudinhos,mãos compridas,dedos finos,um furinho no queixo.Ela gostou dele logo que o viu.Estava vestido com uma camisa branca e calça preta,vestido de uma maneira bem informal,embora o jantar fosse em sua própria residência.Era um homem de muita classe,tinha uma educação muito refinada.Entendedor de artes,sabia apreciar uma boa música,falar sobre economia,política,história,e isso tudo a deixava encantada por ele.Era um verdadeiro gentleman.
Naquele instante os dois olhares se cruzaram.Ele passou as mãos pelos cabelos,despenteando-os,num gesto de ansiedade.Abriu dois ou quatro botões da camisa,deixando o peito à mostra.Ele deu um meio sorriso trêmulo e a puxou junto dele.Os dois se beijaram ardentemente,loucamente.A língua dele feroz fazia uma excursão pelo corpo dela.Ele a beijava o pescoço,inundava sua orelha, a fazia ver estrelas no céu da sua boca.
Ele desfez o laço do vestido que ficava no pescoço e foi desabotoando botão por botão lentamente.Abriu o primeiro botão e deu um beijinho,parecendo sugar a pele,e assim fazia até chegar ao último botão que ficava no meio das costas.Ela sentia seu corpo todo arrepiar.Suas mãos firmes seguravam seus ombros,então ele foi baixando levemente o vestido.Ela vestia uma linda lingerie preta transparente e rendada.Ele segurou seus seios e os beijou,tirando depois o sutiã.Inclinou sua cabeça sobre os seios e depois os beijou.A respiração dos dois estava super ofegante.Uma onda de desejo os invadia.
Ela tirou sua camisa,mordia em seus ombros,beijava seu pescoço.Ele a puxou.Beijou o seu ventre e a sentou em seu colo de frente para ele.Passou as mãos por seus cabelos,os acariciou,olhou dentro de seus olhos,segurou sua nuca e a beijou.A puxou pela cintura e então a invadiu de desejo.
Se amaram até que os corpos tremessem de prazer.E os dois caíssem esparramados no tapete,exaustos e felizes.

Ele então a aconchegou em seu peito,ficou por muito tempo acariciando suas costas e seus cabelos.Um silêncio pairou entre os dois e a única coisa que se ouvia era a batidas daqueles corações.
Ele deu um beijo em sua testa,segurou seu queixo,olhou dentro de seus olhos e então a perguntou :
-Menina,por que você me faz tão feliz?

(Al Ribeiro)

Nossos medos escondem grandes pontenciais

Nossos medos escondem grandes pontenciais





Estou Muito feliz de me ver aqui no Site da Meire Oliveira...essa pessoas maravilhosa que mora no meu coração.Espero que visitem e acompanhem o site.É onde eu sempre vou estar.
"Não ser feliz
é uma vergonha."

(Ita Portugal)

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Atravesso
um céu
pra te
encontrar
atravesso
um chão
pra te
ensaiar
atravesso
o avesso
de um verso
pra me ver
travesso
de você.


Dan Cezar
Uns e outros
Alguns reclamam das filas. Outros ansiosos estão nela para receber seus trocados.
Uns falam demais. Outros ficam em um silêncio obrigatório por falta de conhecimento.
Uns caminham apressados para não perder o tempo, a vida, o sucesso, o trabalho, a luta, o dinheiro. Outros vagarosamente fazem da caminhada um passo seguro para a liberdade.
Uns formulam, reformulam, hesitam, forçam, reforçam e sem saber o que fazer não tomam nenhuma decisão. Outros, que também pouco sabem, vão experimentando sem nada deixar escapar.
Uns limpam a casa. Outros cuidadosamente deixam a alma pronta para o que der e vier.
Uns dão sorrisos ensaiados, comemorando os ganhos. Outros gargalham como simples forma de celebrar alegria.
Uns fingem que sabem. Outros mostram que precisam aprender.
Alguns imitam para ser. Outros são escancarados de autenticidade.
Uns vivem em estado de preocupação. Outros ocupam-se em florescer boas intenções.
Uns são securas. Outros terras férteis.
Uns possuem bens. Outros são do bem.
Uns matam a vontade. Outros renascem em esperança.
Uns procuram o sucesso. Outros encontram a serenidade.
Uns agarram a certeza. Outros devolvem a paz.
Uns são fortes. Outros são suaves.
Uns usam os meios. Outros as finalidades
Uns falam. Outros, amam.
 

Ita Portugal

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Avec le temps

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
On oublie le visage et l'on oublie la voix
Le cœur, quand ça bat plus, c'est pas la peine d'aller
Chercher plus loin, faut laisser faire et c'est très bien

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
L'autre qu'on adorait, qu'on cherchait sous la pluie
L'autre qu'on devinait au détour d'un regard
Entre les mots, entre les lignes et sous le fard
D'un serment maquillé qui s'en va faire sa nuit
Avec le temps tout s'évanouit

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
Même les plus chouettes souv'nirs ça t'as une de ces gueules
A la gal'rie j'farfouille dans les rayons d'la mort
Le samedi soir quand la tendresse s'en va toute seule

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
L'autre à qui l'on croyait pour un rhume, pour un rien
L'autre à qui l'on donnait du vent et des bijoux
Pour qui l'on eût vendu son âme pour quelques sous
Devant quoi l'on s'traînait comme traînent les chiens
Avec le temps, va, tout va bien

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
On oublie les passions et l'on oublie les voix
Qui vous disaient tout bas les mots des pauvres gens
Ne rentre pas trop tard, surtout ne prends pas froid

Avec le temps...
Avec le temps, va, tout s'en va
Et l'on se sent blanchi comme un cheval fourbu
Et l'on se sent glacé dans un lit de hasard
Et l'on se sent tout seul peut-être mais peinard
Et l'on se sent floué par les années perdues
Alors vraiment... avec le temps... on n'aime plus.

(Léo Ferri in Avec le Temps)

 Amitié, l'amour, les souvenirs, les moments, le respect, l'affection, tout cela quand il est réel, et pas seulement avec le temps.Ao contraire, louanges!

  Les vrais sentiments ne sont pas effacés par le temps, sont enregistrés dans le cœur.(Al Ribeiro)











"Meu amanhecer é um
 festejar constante,
 à luz de uma estrela brilhante,
 eu danço uma sinfonia inebriante.

 Sou um pássaro alado cantante,
 voando de encontro ao vento,
 cruzando o céu num voo rompante,
 buscando a felicidade,rompendo o infinito."

 (Al Ribeiro)

Uma linda semana para todos!!!
Batam suas asas e voem de encontro a Felicidade.


domingo, 16 de novembro de 2014

A vida inteira esperei

por alguém como tu

mesmo sabendo que

não sei como és

e mesmo que ainda não

se tenha passado

a vida inteira.

(Jorge Reis Sá)

Viver é doer vez ou outra para depois sarar e sorrir.

Ita Portugal

sábado, 15 de novembro de 2014

Esperar-te
para te abraçar
a vida inteira
só isso.

(J.Antunes)
Amanheci toda cheia de encantos; toda enfeitada de sonhos e colorida de alegria. Com uma fé inabalável dentro do peito... estou certa de que para tudo há um jeito e que nenhum problema vai ofuscar a beleza do meu dia.

(Elliana Garcia)

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Tu chegaste
e encheste-me as mãos
de tudo o que eu precisava tanto
e já me tinha esquecido.

(J.Antunes)
E quando eu estou triste, basta um pequeno sinal para eu voltar a sorrir; basta um vento, um pingo de chuva ou um raio de sol para aguçar a minha alma e restaurar a minha fé. Sou assim, percebo coisas boas nas entrelinhas, vivo contando estrelas e esperando que algo mágico possa acontecer. É que sou toda revestida de esperança e acredito que quando se tem o coração cheinho de fé e a cabeça povoada por bons pensamentos, até o que era para dar errado dá certo e tudo fica bem.

(Elliana Garcia)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

"Muita gente dizendo amar,mas só que o amor passa longe do coração.
Muita gente dizendo' eu te amo',mas o coração está vazio.
Muita gente dizendo amar,mas poucos sabendo o que é o amor.
Dizer eu te amo é fácil.
As pessoas andam vazias de sentimentos."


(Al Ribeiro)

 O Amor tudo sofre,

tudo crê,

tudo espera,

tudo suporta.

( I Coríntios 13:7)


"Quando a gente se esquece das pedras e olha para a grandeza da vida, vê tudo que ela tem de bonita e o que era motivo de lágrimas é esquecido e no lugar das tristezas fica um coração agradecido, que vê motivos para florir belezas em todos os instantes."
 

(Elliana Garcia)

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Dancing in the rain...

Da série Contos....

 "Nossos olhares se cruzaram e ficaram assim por instantes enamorados,conversando,sem que qualquer palavra saísse de nossos bocas.
 Você passou a mão por meus cabelos,acariciou minha face levemente,inclinou sua boca sobre a minha,nossos lábios se encontraram.Nossas bocas se beijaram.Suas mãos trêmulas me entrelaçaram,puxaram meu corpo de encontro ao seu.Meu coração ficou bem próximo ao seu,podia senti-lo pulsando ofegante
 Seu beijo era doce como mel.
 Parecia por um momento que o tempo tinha parado  e eu só via as gotas prateadas que caíam do céu nos banhando de magia.
 Bailamos amor.
 Bailamos na chuva a mais linda melodia de amor."

(Al Ribeiro)
E a gente faz. Refaz. Muda de ideia. Volta atrás. Recomeça.
Insiste. Fica perdido. Se reencontra. Reinventa as coisas. Troca as bolas. Pede desculpa.
Percebe que perdeu. Finge que é aprendeu. Esquece a lição. Desacredita. Reduz sentimentos, depois acha que é tolice. Enfia a cara. Faz planos. Acorda dos sonhos. Percebe que há jeito.
Se mete em encrenca. Jura nunca mais repetir a dose. Censura a experiência. Atira pedras. Promete melhorar. Alimenta esperanças. Consulta pessoas. Insulta o destino. Reprova a paciência. Lamenta as escolhas. Marca encontros. Chega atrasado. Reclama do destino. Esquece das promessas. Transpira desejos. Corre riscos. Supera traumas. Guarda vontades.
A vida mal começa e a gente já fez tudo isso
 

Ita Portugal

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Foste sempre pouco,
com medo de ser inteiro.

( Linda Martini )

As ondas quebravam uma a uma
eu estava só na praia com a areia
e com a espuma do mar
que cantava só para mim

- Sophia de Mello Breyner Andresen

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Comme une pierre que l'on jette 
Dans l'eau vive d'un ruisseau
Et qui laisse derrière elle
Des milliers de ronds dans l'eau
Comme un manège de lune
Avec ses chevaux d'étoiles
Comme un anneau de Saturne
Un ballon de carnaval
Comme le chemin de ronde
Que font sans cesse les heures
Le voyage autour du monde
D'un tournesol dans sa fleur
Tu fais tourner de ton nom
Tous les moulins de mon cœur

Comme un écheveau de laine
Entre les mains d'un enfant
Ou les mots d'une rengaine
Pris dans les harpes du vent
Comme un tourbillon de neige
Comme un vol de goélands
Sur des forêts de Norvège
Sur des moutons d'océan
Comme le chemin de ronde
Que font sans cesse les heures
Le voyage autour du monde
D'un tournesol dans sa fleur
Tu fais tourner de ton nom
Tous les moulins de mon cœur

Ce jour-là près de la source
Dieu sait ce que tu m'as dit
Mais l'été finit sa course
L'oiseau tomba de son nid
Et voila que sur le sable
Nos pas s'effacent déjà
Et je suis seul à la table
Qui résonne sous mes doigts
Comme un tambourin qui pleure
Sous les gouttes de la pluie
Comme les chansons qui meurent
Aussitôt qu'on les oublie

Et les feuilles de l'automne
Rencontre des ciels moins bleus
Et ton absence leur donne
 La couleur de tes cheveux
Une pierre que l'on jette
Dans l'eau vive d'un ruisseau
Et qui laisse derrière elle
Des milliers de ronds dans l'eau
Au vent des quatre saisons
Tu fais tourner de ton nom
Tous les moulins de mon cœur

(Michel Legrand in Les moulins de mon coeur)
"Já é hora de acordar,
Já é hora de abrir sua janela para a vida.
Já é tempo de plantar um sorriso no coração,
porque quem tem alegria no peito,enxerga o mundo
mais bonito."

(Al Ribeiro)

Uma  semana maravilhosa para todos!!!!!

domingo, 9 de novembro de 2014

It’s only when you’ve lost someone that you realize
the nonsense of that phrase “it’s a small world”.
it isn’t. it’s a vast, devouring world,
especially if you’re alone.


(Clive Barker)
"Se pudéssemos conversar com a morte a indagaríamos sobre o nosso tempo de vida,e então Ela diria:-Olha fulano,você tem dez anos,dez meses,dez dias,um ano,por exemplo,cada um tem seu tempo definido.E sabe o que faríamos?!Iríamos viver postergando o tempo.-Ah,hoje não vou fazer isso não,vou deixar para amanhã,ainda tenho muito tempo.
Não conversamos com a morte.Encaramos cara à cara a vida todos os dias e ela não nos dá a certeza de tempo,do dia que iremos partir.Vivemos na incerteza,ou será certeza,de que o futuro é incerto.Mas mesmo assim,brincamos com a vida,adiamos,deixamos para amanhã.
Ora minha gente,acorde!
Não temos tempo.Se estou aqui agora,pode ser que  à noite não esteja mais.
A vida só acontece hoje,agora,nesse exato momento.
Uma vida cheia de vida para
vocês."

(Al Ribeiro)

sábado, 8 de novembro de 2014

Ela também teve seu coração machucado. Dilacerado, imagino. Normal. Desse mal, meu bem, ninguém escapa. Mas o bom disso tudo é que agora consigo abrir meu coração sem rodeios. Sim, amei sem limites. Dei meu coração de bandeja. Sim, sonhei com casinhas, jardins e filhos lindos correndo atrás de mim. Mas tudo está bem agora, eu digo: agora. Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Descobri tantas coisas. Tantas, Tantas. Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor. Que viver um amor. Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos. Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo! É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa. Descobri, ou melhor, aceitei: eu nunca vou esquecer o amor da minha vida.Nunca. Mas agora, com sua licença. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço. Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama. 
[Fernanda Mello]

Eu sofro por um certo tempo,sofro até a página vinte.Deixo arder,deixo doer...mas depois me lembro que ninguém merece minha infelicidade,então eu viro a página e começo tudo de novo.Ninguém merece ser mais feliz do que eu! (Al Ribeiro)